quarta-feira

Pare, e pense!

Você já parou para pensar, quantas pessoas você já conheceu ao longo da sua vida?
Você já parou para pensar, quantas destas pessoas, você ainda tem algum tipo de contato?
Você já parou para pensar, por quantas pessoas você passa durante todo o seu dia?
Você já parou pra pensar, que destas pessoas, quantas você conhece, mesmo que seja apenas só de dizer um simples oi?

Você já parou para pensar, que destas pessoas, quantas você realmente conhece e confia?
Você já parou para pensar, quantos colegas você tem?
Você já parou para pensar, quantos amigos você tem?

Hoje, durante alguns minutos, eu parei pra pensar em tudo isso, e me senti satisfeita com o resultado.
Confesso, que o número de pessoas que conheço apenas por um simples oi, é infinito, já os que eu realmente confio, não precisei de muito esforço para contar, pois são poucos.
Deve ser por isso que dizem, que vale muito mais a qualidade do que a quantidade.
Faça você também este exercício, é simples e fácil.

5 comentários:

Juliano Sanches disse...

Interessante essa reflexão. Mexeu profundamente comigo. Muitos já não estão em minha companhia. Partiram. Como diria o bom samba paulistano, uma hora ou outra, todo mundo pega o Trem das onze da vida. Eu também já peguei meu Trem, ou seja, parti, e deixei pessoas e lugares. A vida é feita por encontros e desencontros. Uma porção de passagens, que nos levam às diversas estações, aos diversos aprendizados. Nessa semana, escrevi uma poesia no blog, que fala um pouco sobre a superação. Acredito que as estações da vida são as superações. Dê uma olhada nessa poesia.

Visite minha Casa, quando puder.

O endereço é:

(http://casadojulianosanches.blogspot.com/).

Um grande abraço.

Elaine Souza Silva disse...

Olá Vanessa...
Gostei muito dessa reflexão...
É dificíl entender o porque
tudo um dia tem que acabar...
Por exemplo: "podemos cultivar uma amizade... mas essa amiga (o) pode conseguir outros amigos e te deixar de lado..."

Já passei por isso... Sem contar que deixei de fazer novas amizades para me dedicar exclusiva a uma só pessoa... Acho que foi um pouco de egoismo da minha parte...

Hoje percebo que isso aconteceu por falta de maturidade...

E jamais conseguiria me lembrar de todas as pessoas que passaram na minha vida... Realmente as mais especiais sim... Aquelas que nos ensinam algo, que diz palavras bonitas enfim...

Gostaria de parabenizá-la pela excelente profissional que você é...

Tudo de bom...
E sucesso em sua carreira como jornalista...

Sou sua fã....

Aline Christall disse...

Prima adorei seu blog...passa lá no meu quando puder! bjãooooo

Aline Christal disse...

Ta aí, mudei o browser do blog anote ai...

Brechó Vogue disse...

Oi, flor. A bolsa está disponível. Mas eu só tenho uma, viu?
ó da uma olhadinha aqui: www.brechovogue.blogspot.com
Me desculpa a demora com a resposta, é que fiz uma cirurgia no começo da semana.
Ah, brechovogue@gmail.com para conversarmos melhor!
Beijo